#Estudos

Pq nunca acho meu desenho bonito?

Allie
Publicado em
19 de maio de 2021

Você já deve ter chegado a essa conclusão alguma vez, certo? É muito difícil achar um artista que fique satisfeito de primeira com algo que está produzindo, na verdade o mais comum é se sentir frustrado por não conseguir representar tão bem quanto estava em sua mente. Existem alguns motivos para isso que falamos durante um dos episódios do Revodocs.

Como saber se meu desenho está bom mesmo?

Não existe uma regra, a verdade é que todo artista sofre um pouco com essa questão. A melhor dica é sempre ter pessoas que você possa enviar suas artes e estar aberto ao feedback delas.. Eu geralmente mando para uma pessoa que não está imersa no no mundo da arte e para alguém que domine o assunto, e em cima das resposta deles eu corrijo o que tiver que corrigir.

Mas pra saber na lata se seu desenho tá "bom" ou não vai depender do quanto de fundamentos você domina, você entende a anatomia dessa personagem ou a perspectiva do cenário que está fazendo? Ou está tudo sendo feito quase que no susto?

O perfeccionismo não pode ser seu amigo!

Eu sei que te contaram exatamente o contrário disso, te disseram até que ser perfeccionista era algo bom e tal, mas a verdade é que não funciona bem assim. Esse perfeccionismo que estou falando aqui é definido como: estabelecer altos padrões de desempenho, que são acompanhados por avaliações muito críticas, e sempre buscando fugir de falhas e erros.

Agora eu te pergunto, como algo que cria um padrão inalcançável como objetivo, te avaliar de maneira super crítica e ainda por cima te faz ter medo de errar pode ser algo bom?  Entendeu por que ele não é seu amigo?

Alimentar o perfeccionismo nada mais é que viver numa eterna frustração por que se sempre o padrão é inalcançável, o próprio nome já te diz que você nunca vai alcançar aquilo!

Outro problema gerado pelo perfeccionismo

Por conta dessa idealização de um objetivo inalcançável, você acaba começando a criar ideias erradas sobre si mesmo. Vou trazer mais um exemplo que ocorreu comigo essa semana: quem já leu alguns dos meus textos anteriores com certeza viu alguns desenhos meus e, tá bom, eles não tem um nível técnico absurdo, mas pelo menos eu entendo um pouco do fundamentos de desenho.

Um dia eu resolvi fazer uns estudos de mudança de ângulo, desenhei uma cabeça e não consegui reproduzir ela de FORMA ALGUMA, eu simplesmente não conseguia. Quase parecia que eu tinha desaprendido a desenhar. Quando na verdade eu só não estava em um bom dia, estava cansado e tudo isso estava influenciando mas eu não consegui perceber.

Só consegui pensar no quão patético era eu não conseguir desenhar uma cabeça e ainda me chamar artista, pesado né? Quando você cria idealizações impossíveis é isso o que acontece, você começa a se machucar e a alimentar a tal síndrome do impostor.

No fim das contas eu só parei, e vi que não conseguiria produzir mais. Fui fazer outra coisa e foi só eu dormir e na manhã seguinte, BOOM eu voltei a desenhar de boa. Parece loucura, mas isso só aconteceu pela junção de um dia cansativo e de que eu queria um resultado muito melhor que consegui, quase algo perfeito.

E como lido com isso então?

É bem mais complexo do que parece, perfeccionismo não é algo que surge em você de um dia pro outro, muito menos algo que atinge só uma área da sua vida, geralmente atinge relacionamentos, onde você cria expectativas irreais em pessoas, ou até mesmo no trabalho em que você não consegue acreditar que é tão bom quanto seus colegas dte falam.

A forma mais correta de lidar com isso é buscar ajuda psicológica, por que esse profissional vai, junto com você, entender qual a raiz dessa necessidade de ser perfeito e de que maneira você consegue lidar com isso.

Mas, além da ajuda profissional, vou deixar aqui algumas coisas que uso e faço pra lidar com isso:

Se eu começar a ficar frustrado e até dar vontade de chorar quando estou fazendo algo, eu paro e me pergunto : O que está acontecendo? Tento entender tudo que tá rolando e qual pode ser o motivo daquilo.

Se eu estiver com medo, vou com medo mesmo! Não acho que esse desenho tá bom pra postar… Posto e desligo o wifi do celular e vou fazer outra coisa kkkkk geralmente funciona bem.

Tento sempre ver o que aprendi com aquilo que deu errado, porque sempre tem algo ali (não precisa desse “ali”) que você pode usar no futuro, seja para evitar aquilo ou para saber lidar melhor.

O mais comum também, às vezes eu só desisto. Daí você deve pensar "nossa, mas ele falando tanta coisa motivacional agora tá falando de desistir?” Exatamente! Tem coisa que não vale a pena a gente gastar nossa energia mesmo. Dependendo do que for, desistir hoje não significa que você não pode voltar e tentar de novo. 

Eu desisti do desenho naquele dia, mas no outro, eu consegui. Poderia ser outra situação, as vezes o mais inteligente é fazer isso, você não nasceu pra ficar dando murro em ponta de faca, então entenda quando você precisa dar uma recuada.

O perfeccionismo pode não ser seu amigo, mas dá pra conviver com ele

A maior verdade que posso trazer é essa, ser perfeccionista não é uma sentença de sempre ser focado na perfeição. Na verdade, quando você consegue controlar até te ajuda. Você precisa aprender técnicas para conviver com ele, pois ele não vai desaparecer! 

Eu uso a técnica dos amigos também (pasmem ou não) mas meu melhor amigo que também se chama Alisson e na maioria das vezes quem percebe que to sendo perfeccionista é ele, e daí ele me fala e então eu tento resolver. 

Caso você queira conversar sobre isso ou qualquer outra coisa que queira desabafar, meu inbox e o da revo estão abertos sempre ❤

Link do post copiado para a sua área de transferência

Enviar Comentário

Comentários 2

Avatar
Andre43

Antigamente eu ficava muito preocupado em fazer um desenho perfeito, como aprender a desenhar da maneira correta e como conseguir chegar em um resultado como os dos artistas que admiro.
Teve um dia que eu sentei na cadeira e pensei: vou desenhar a primeira coisa que vier pela minha cabeça e não vou ligar nem um pouco se ela vai ficar perfeita ou não. Isso foi como magica pra mim, depois disso comecei a produzir mais. A dica que eu tenho é: desenhe o que vier pela sua cabeça, o que você quiser e não se preocupe muito se isso vai sair bom ou ruim. Não sei se vai ajudar vocês e ninguém precissa seguir meu conselho, se você achar que isso não faz sentido pra você, mas pelo menos isso me ajudou muito.

maio 20, 2021
Allie
@Andre43

Sim! O importante é que funcionou, e dependendo de qual função tenha desenhar pra você, realmente você não precisa focar em aprender tudo que envolve.

junho 21, 2021
Aqui está por que o perfeccionismo atrapalha a sua arte

Todos nós adoramos ver uma obra de arte — seja uma música, um filme, um livro — e sentir que Ler mais

O tempero criativo para uma arte inesquecível

Eu sei que você, assim como eu, em algum momento já deve ter pensado em uma ideia interessante mas não Ler mais

Um Guia de Criaturas Fantásticas e Imaginárias

Existem duas grandes categorias:  1. Anthro Animais com características físicas ou psicológicas humanas. 2. Feral Animais comuns (ex: cachorro, leão, Ler mais

Como melhorar sua curva de aprendizado e evoluir mais rápido

Quem nunca sentiu que tinha estagnado e não conseguia mais evoluir que taque a primeira pedra. Às vezes surge aquele Ler mais