#carreira #concept art

Qual a Diferença Entre Concept Art e Ilustração?

Giulia Marchi
Publicado em
11 de dezembro de 2020

Se você está começando a se interessar por ilustração, pintura digital, arte digital no geral, a gente sempre fica maravilhado por aquelas ilustrações M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A-S, dos artistas que a gente acompanha, dos artbooks de filmes e jogos que a gente gosta! Mas quando a gente começa a estudar isso, vem aquela dúvida: qual a diferença entre ilustração e concept art?!

Nas produções para entretenimento, vamos precisar de profissionais das duas funções, mas de uma forma bastante simples, o que mais difere essas duas áreas são seus propósitos e funções.

Muitas pessoas acabam se confundindo justamente por causa de artbooks e outras artes conceituais divulgadas de alguma produção, mas a verdade é que aquilo é apenas um resumo de todo esse processo de criação de um visual e que a maior parte dele fica de fora desses materiais. Grande parte dessas artes já são peças um pouco mais elaboradas do que os primeiros concepts de verdade, não mostram tanto a gama de opções que foi inicialmente apresentada, mas sim algumas ideias que já teriam um pouco mais a ver com o resultado final e que também já tem uma uma finalização mais elaborada, o que pode nos levar a confundir isso com as ilustrações

O concept artist é fundamental no início da produção. Quando estamos no começo da produção, seja de um filme, série, animação, jogo, etc. o concept artist é a pessoa que vai pegar as ideias e referências dos roteiristas, diretores, ou do cliente e vai dar os primeiros visuais concretos para tudo isso. É trabalho desses profissionais elaborar diferentes opções visuais das personagens, do universo, dos objetos, e tudo mais o que for preciso para o cliente. Mas quando eu digo “várias alternativas” não estou falando de 10, 15, mas sim de 50, para mais! 

Por isso os concepts acabam se tornando desenhos bastante simples e rápidos, mas que passam uma ideia geral e que não “desperdiçam” tempo finalizando ideias que podem não ser desenvolvidas, para depois irem sendo afunilados e ganhando mais detalhes até a decisão final e os concepts escolhidos possam começar a ser desenvolvidos pelas equipes de produção, animação, figurino, etc.

Algumas das concept arts das personagens principais do desenho animado Steven Universe, da Cartoon Network, retirados do artbook oficial da série.

Ao contrário do concept artist, o ilustrador vai trabalhar no final de uma produção! Ele trabalha com as opções escolhidas entre os trabalhos do concept artist e as peças dele já vão dar um visual bastante concreto para a produção. Essas ilustrações podem ter diversos fins, para vender o produto, para divulgação, marketing, ou até mesmo ser o próprio produto final. No caso de um jogo, por exemplo, o ilustrador pode ser responsável pelas splash arts do jogo, a capa de um livro de regras, as ilustrações de um card game, entre outras possibilidades, de acordo com o projeto que está sendo desenvolvido. 

O ilustrador também tem vários elementos que tem que levar em conta em seu trabalho, que o concept artist não precisa se preocupar muito, que são elementos de composição, o storytelling de cada peça, gestual, perspectivas, entre outras coisas. Para trabalhos em empresas grandes, o ilustrador geralmente já recebe um briefing bastante específico e fechado, e o trabalho real dele vai ser mais a execução, composição e finalização, com base em um concept que também vai chegar pronto para você. Além disso, também é trabalho do ilustrador considerar a finalidade exata de cada ilustração feita, se vai ser um banner gigante, um splash art de jogo, ou até um ícone para um app mobile, por exemplo, e adaptar as informações do briefing e do concept para isso.

Ilustrações oficiais e cartazes do filme e da série animada Steven Universe.

É claro que que essa divisão pode ser  um pouco arbitrária em alguns casos, já que é comum que concert artists também peguem trabalhos em que terão que fazer peças com uma finalização mais elaborada e que ilustradores peguem trabalhos em que terão que fazer a concept art, ou até mesmo que um profissional seja responsável por todo o desenvolvimento visual de um projeto.

Quer ter mais detalhes sobre essas duas vertentes da arte digital?? No ep. #110 do nosso podcast, o Sala 1604, batemos um papo com os artistas e professores da Revo, Victor Harmatiuk e Rodrigo Wolff sobre as diferenças das carreiras e dos trabalhos de ilustração e concept art!

Link do post copiado para a sua área de transferência

Enviar Comentário

O Guia da Ilustração Editorial - Parte 3

Estamos chegando a fim desse nosso especial sobre ilustração editorial e, para fechar com chave de ouro, o assunto vai Ler mais

O Guia da Ilustração Editorial - Parte 2

E voltamos aqui para falar um pouco mais sobre o ilustração editorial! Depois de apresentar um pouco de como funciona Ler mais

O Guia da Ilustração Editorial - Parte 1

Quando falamos de mercado de arte aqui no Brasil, o mercado de arte editorial é um dos que mais tem Ler mais

Narrativas Silenciosas de Ju Loyola

Você já conhece a Ju Loyola? NÃO? Então vem aqui que você precisa conhecer essa ilustradora e quadrinista maravilhosa e Ler mais