#carreira #concept art

Como Ser Fiel a um Concept Art?

Giulia Marchi
Publicado em
23 de janeiro de 2021

A concept art uma das primeiras e mais fundamentais áreas da produção de arte e entretenimento e, como já falamos antes, é nessa etapa que a grande maioria das decisões visuais são tomadas antes de as artes finais, sejam elas em 2D ou 3D, e por isso, se você tem interesse em fazer sua carreira em qualquer área da arte, você vai precisar aprender a como se manter fiel a uma concept art!

Mesmo que não faça parte do seu trabalho, é muito importante que você entenda como é o processo de definir concept arts para que entenda os limites criativos que ela determina para os ilustradores e modeladores. 

Entenda que essa fase é um processo longo e completo que, principalmente nas grandes empresas, envolve dezenas de outros profissionais fazendo centenas de possibilidades visuais para as personagens, os objetos e os cenários. Tudo o que chegar para você, ilustrador e modelador 3D, já foi minuciosamente pensado e revisado por toda uma equipe de produção e, por isso, você não pode simplesmente mudar alguma dessas decisões porque você acha que vai ficar mais interessante. Respeite as decisões visuais da concept art.

Mudar uma linhazinha aqui ou ali, ou a forma de algum elemento, já faz uma diferença considerável do concept para sua peça e, quando se trata de um trabalho para um empresa esse tipo de alteração, por mais que mínima, não é muito bem visto pelos empregadores.

Nesse tipo de trabalho, você não vai ter nenhuma necessidade de interpretar o concept art, o normal é que elas já venham com um briefing bem completo, as linhas bem definidas, as cores certas, um model sheet (desenhos mostrando 360o), expression sheet, para o caso de personagens, entre outros desenhos que podem ser necessários para determinado projeto.

No nosso canal, a Heloisa Duda, modeladora 3D e concept artist dá dicas práticas I-N-C-R-Í-V-E-I-S, enquanto corrige um trabalho do Junior de Sousa. É claro que o trabalho do Júnior é um modelo 3D, mas as dicas que saem de lá também podem ser aplicadas a uma ilustração ou outro trabalho 2D, então não deixe de assistir para entender melhor como são essas dicas na prática!

Modelo por Junior de Sousa
Concept por Robert Brown

Mas, assim como tudo, sempre vão ter as exceções! Enquanto você estiver trabalhando para empresas, principalmente as grandes, dificilmente o que falamos acima vai variar muito. Mas quando estamos falando de um trabalho autoral, um projeto pessoal ou qualquer outra proposta mais informal, muitas coisas podem variar e se adaptar!

Nesses casos, nem sempre o concept que vai chegar para você vai estar super claro e super finalizado, ou que não tenha o model shit, aí sim você vai ter o papel de criar, interpretar, corrigir e adaptar o que for preciso ali, ou, no caso de projetos pessoais, pode nem existir uma concept art! Para explicar um pouco melhor trouxe o trabalho de uma Revoluna, a Vitória Bottaro, que fez um modelo 3D baseado apenas em uma ilustração bastante estilizada e que abria bastante espaço para ela interpretar no modelo:

Modelo por Vitória Bottaro
Modelo por Vitória Bottaro
Ilustração por Uvaat
Link do post copiado para a sua área de transferência

Enviar Comentário

Artistas que trabalham com Blender

Thomas Berard Thomas é um artista australiano que faz diversas animações no Blender que são de arrepiar qualquer um de Ler mais

Porque você deveria aprender Blender?

A modelagem 3D e as diversas ramificações que partem dela são alguns dos mercados que mais crescem na área de Ler mais

4 passos para abrir seu MEI de artista!

Você, que é artista e está pensando em entrar no mercado de trabalho com certeza já deve ter se perguntado: Ler mais

Iniciando seu Caminho na Modelagem 3D

Iniciar os estudos e uma carreira em qualquer área é uma tarefa desafiadora! Muitas vezes não sabemos muito bem que Ler mais